...

...

Casa de Variedades

O SHOPPING DA IBIAPABA! Rua Monsenhor Eurico, 206, Centro, Guaraciaba do Norte. Telefone: (88) 3652.2259.

Funerária e Floricultura Paz Eterna

Situada na Trav. João Bezerra de Menezes, 42, centro, próximo à Casa Lotérica e ao lado do escritório do Dr. Alderi. Filiais: São Benedito: Rua Italiano Júlio Felizola; Graça: Av. José Candido de Carvalho, 70; e Mucambo: Rua Monsenhor Melo, prox ao Cartório Campos.

Anuncie!

São mais de 2.500 potenciais clientes da sua empresa que visitam nosso site diariamente.

Fit Multimarcas

A maior oferta de seminovos da cidade! Av. Tenente Matias - 270, Centro, Guaraciaba do Norte - CE. Fones: (88) 3652.1305 | 9725.3031 | 9973.9055. E-mail: fitmultimarcas@hotmail.com

Supermercado MartMag

Garantia de boas compras. Com padaria e frigorífico. Rua Francisco Bezerra, Centro , telefone: 3652.1158

1 de novembro de 2014

INTERNACIONAL: Mulher recupera parte da visão após bater com a cabeça em mesa

Postado por Diassis Lira, em 01 de novembro de 2014
Lisa e o seu cão-guia - Foto: Reprodução/Twitter(Blind Foundation)
Desde os 11 anos, Lisa Reid, de Auckland (Nova Zelândia), convivia com a cegueira, que havia começado por causa de um tumor que pressionava o seu nervo ótico. 

A situação mudou estranhamente na noite de 15 de novembro de 2000, quando a neozelandesa tinha 24 anos. Ao se curvar para dar um beijo no seu cão-guia, Lisa bateu acidentalmente com a cabeça em uma mesinha de centro

Na manhã seguinte, ao acordar, Lisa notou que parte da sua visão havia sido recuperada

"Ninguém sabe o que aconteceu ou explicar o que houve. Eu não tenho palavras para descreveu como me senti. Você não consegue ver e de repente passa a ver. Você não sabe como descrever isso. Ver o mundo novamente foi um presente", contou ela ao "Daily Mail Australia". 

Como não recuperou totalmente a visão, Lisa ainda conta com ajuda de um cão-guia e de profissionais da entidade Blind Foundation.

Lisa aos 38 anos - Reprodução/Twitter(Blind Foundation)
Em novembro, faz 14 anos que Lisa recuperou parcialmente a visão. Ela decidiu revelar a sua história para ajudar a divulgar o trabalho da Blind Foundation. Ela recordou a primeira imagem que viu após acordar: o irmão e a mãe. 

"Ele tinha virado um homem, com barbicha e tudo. Quando vi minha mãe disse: Você parece a mesma, só que mais velha", comentou.


Fonte: O Globo

31 de outubro de 2014

IBIAPINA: Mulher dizia ser enfermeira e estava supostamente injetando vírus HIV nas pessoas

Postado por Diassis Lira, em 31 de outubro de 2014


Nesta sexta-feira (31), surgiu um boato nas redes sociais de que uma mulher, vestida de enfermeira e que utilizava luvas e uma seringa, estava parando pessoas na rua no intuito de realizar um exame de glicose e a mesma injetava nas pessoas o vírus HIV.

O site Ubajara Notícias foi até a cidade de Ibiapina para averiguar os fatos e saber o que realmente está acontecendo.

Essa notícia se espalhou rapidamente pelo facebook e pelo Whatsapp, causando um grande medo em algumas pessoas de Ubajara e também Ibiapina. Há também as fotos dessa suposta mulher, utilizando luvas. Nas fotos ela está em Ibiapina.

Na verdade, essa mulher na foto é uma jovem de 18 anos de idade, residente no Sítio Pimenta, em Ibiapina. Ela é solteira e mora com os pais. 


A jovem apresenta problemas psicológicos. Segundo informações do Posto de saúde, ela disse que sonhava em ser enfermeira, razão pela qual ela utilizava luvas. A Polícia Militar através do Cabo Ivaldo, Cabo M. Gomes e Soldado L. Rocha, foi até a residência da mesma, após ouvir o apelo da população e a trouxe para a Unidade Básica de Saúde Dr. Francisco Márcio Fernandes em Ibiapina. A mesma fez exames para detectar se tinha o HIV ou outras doenças, mas o exame deu negativo. 
Esse boato de que uma mulher vestida de enfermeira estaria injetando o vírus HIV nas pessoas é uma história antiga que já foi espalhada em outras cidades pelo Brasil como Itaberaba - MG, Manaus, São Fidélis entre outras cidades pelo país afora. 

Fonte: Ubajara Notícias

RIO DE JANEIRO: Filho de Jô Soares morre aos 50 anos

Postado por Diassis Lira, em 31 de outubro de 2014

Rafael Soares estava internado no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul, desde quinta-feira (30), mas não resistiu

Filho de Jô Soares morre aos 50 anos no RioRafael em encontro com o pai durante lançamento (Crédito: Reprodução )
Rafael Soares, filho do apresentador Jô Soares, morreu nesta sexta-feira (31), aos 50 anos. Ele estava internado no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, deste esta quinta-feira, mas não resistiu. Fruto do primeiro casamento de Jô Soares com a atriz Teresa Austregésilo, Rafael lutava contra um câncer no cérebro há um ano. A família não quis revelar outros detalhes sobre o falecimento.
  • Rafael Soares com o comunicador Roberto Canazio, durante visita à Rádio Globo (Crédito: Rádio Globo)


Ele sofria de autismo de alto nível. Apesar da boa capacidade de comunicação e inteligência, a doença afeta a coordenação motora e faz que com a pessoa viva em uma espécie de mundo particular. Jô Soares sempre foi discreto sobre a doença do filho.
Fonte: Rádio Globo RJ

CHACINA: Homem mata cinco pessoas em São Miguel do Tapuio, próximo à Novo Oriente

Postado por Diassis Lira, em 31 de outubro de 2014
Chacina
                                                   FOTO: 180graus
Uma chacina ocorreu por volta das 13:30h desta quinta-feira (30), na zona rural do município de São Miguel do Tapuio. Um homem conhecido pela alcunha de “Chiê” de aproximadamente 40 anos assassinou 5 pessoas a bala, sendo 3 da mesma família.
O crime ocorreu no Povoado Palmeira de Cima, que dista 48 Km da sede do município. Segundo informações “Chiê” comanda o tráfico de drogas na região e ficou chateado com a prisão de dois parentes seus que foi efetuada semana passada no centro de São Miguel do Tapuio.
Ele teria descoberto que a denúncia teria partido de um senhor chamado Jovêncio e partiu para sua casa. Chegando lá, matou o idoso e o neto. De lá, “Chiê” seguiu para a escola municipal da comunidade e assassinou a própria esposa, Maria Teresa e ainda tirou a vida de mais dois homens, sendo um identificado como Roberto que era professor e o outro foi identificado apenas como Claudio.
chiê
CHIÊ, autor dos disparos – FOTO: 180 graus
“Chiê” que assassinou 5 pessoas no povoado Palmeira de Cima-SMT pode ter surtado. Não é sabido se por problemas psicológicos ou consumo exagerado de drogas (Overdose). A polícia está no local e tenta a todo custo fazer com que ele se renda e pare o terror provocado à população da localidade. Dentre os mortos estão professores, líder comunitário, criança e a própria cônjuge.
Motivo dos Crimes
O motivo que levou “Chiê” a cometer chacina no povoado Palmeira de Cima município de São Miguel do Tapuio no inicio da tarde desta quinta-feira (30), foi porque os moradores estavam fazendo um abaixo-assinado para que ele saísse da comunidade, pois ele estava aliciando menores de idade e levando-os ao consumo de entorpecentes. 
Quando soube do intento dos residentes, “Chiê” armado de revólver e pistola partiu para tomar satisfações e deu inicio à tragédia disparando contra um professor. Depois foi à casa do líder comunitário Jôvencio, aonde ceifou sua vida e de seu neto. Não contente dirigiu-se à escola do povoado, chegando lá, matou outro professor. Quando tudo parecia terminado eis que “Chiê” mata a esposa e se tranca dentro do colégio fazendo alunos e funcionários de refém. 
A polícia foi acionada e quando chegou no local trocou tiros com o individuo que estava irredutível na sua saga sangrenta. As últimas informações que chegam dizem que a Polícia Militar deslocou homens do GATE em um helicóptero para reforçar o contingente de São Miguel do Tapuio, Assunção, Buriti dos Montes e Castelo do Piauí, no intento de prender o assassino frio e cruel. 
UM DIA DE CÃO
Após matar sua esposa Maria Moreira com um tiro na cabeça, ele foi até a casa do líder comunitário Jôvencio dos Reis Silva e o matou com com dois tiros, sendo um na cabeça e outro no abdome. No mesmo recinto “Chiê” tirou a vida do jovem Sidney Tavares da Silva de 18 anos com dois tiros na testa e tórax. A esposa de Sidney não morreu ao lado do marido porque correu em disparada. 
Claudio Barros de Oliveira foi outra vítima do instinto matador de “Chiê” tendo levado um balaço na barriga. O professor Roberto foi alvejado três vezes, dois no tórax e um na cabeça. 
“Chiê” usou uma pistola ponto 40 e um revólver calibre 38 para cometer a chacina. Ele é portador de uma espingarda 12, que não foi usada na ação criminosa desta quinta-feira (30).
Fonte: Blog do Manuel Sales / (Camelo no Rádio)

INTERNACIONAL: Inseparáveis, pai e filho morrem de câncer um dia após o outro

Postado por Diassis Lira, em 31 de outubro de 2014

Eric Thurlow Foto: Reprodução / Facebook


Um inglês e seu filho, que foram inseparáveis por toda a vida, morreram com algumas horas de diferença, ambos vítimas de câncer, no Reino Unido. Dean Thurlow, de 40 anos, perdeu a luta de quatro anos contra a doença, que atingiu seu cérebro, no último dia 23. No dia seguinte, seu pai, Eric, de 71, cujo tumor estava alojado no pâncreas, não resistiu e também faleceu. Os dois estavam no mesmo hospital, em quartos colados, em Burnley, na Inglaterra. As informações são do jornal The Mirror.

Eric tinha sido diagnosticado com câncer há apenas um ano e meio, mas soube logo que a doença, que começou no pâncreas, já estava se espalhando pelo corpo. Ele já tinha feito uma cirurgia para tratar o problema, mas sem sucesso. Já seu filho, durante os quatro anos de luta contra um tumor no cérebro, fez quatro operações.

No último dia 25 de setembro, Dean teve um agravo em seu estado de saúde e foi encaminhado para o hospital. Poucos dias depois, seu pai acabou indo para a mesma unidade, em um quarto ao lado, também para tratar o câncer. Na semana passada, Dean acabou morrendo e, horas depois, Eric também partiu.

Na última quinta-feira, a família promoveu um funeral em conjunto. “A vida nunca mais será a mesma sem eles”, disse a irmã de Dean, Tracey Read. “Eles eram inseparáveis. Dean tinha uma van e eles sempre viajavam para pescar juntos. Eles ficaram juntos até o fim, do jeito que queriam que fosse”.

Eric deixou a esposa, Eileen, a filha Tracey e os netos, Jack, de 22, e Jake, de 8, filho de Dean, que também deixou uma viúva.


Fonte: http://extra.globo.com/noticias/

ADUTORA: Socorro hídrico para salvar Canindé

Postado por Diassis Lira, em 31 de outubro de 2014

Previsão é de que a barragem de General Sampaio, que atenderá à cidade vizinha, suporte até dezembro de 2015

Image-1-Artigo-1731298-1
Por uma estrada carroçável é possível acompanhar a tubulação do aqueduto
FOTOS: AC ALVES
Image-0-Artigo-1731298-1
Ao todo foram 31.978 canos de polietileno empregados na construção da adutora, perfazendo 53 quilômetros e atravessando três municípios. Tubulação vem pela superfície, e não por baixo do chão, pelo fato de ser de montagem rápida
Canindé. Com seus três açudes em estado crítico, a cidade de Canindé vai ser socorrida pelas águas do vizinho município de General Sampaio para evitar o colapso no abastecimento hídrico. 53 quilômetros de extensão da adutora instalada no trecho que vai de General Sampaio aos municípios de Caridade e Canindé já estão concluídos.
De acordo com Luís Sousa, técnico responsável pela tubulação, os canos possuem seis metros de diâmetro e levarão água da barragem de General Sampaio, com vazão inicial de 400 milímetros, e chegarão à adutora do Sousa com 300 milímetros. Os técnicos avaliam que 98% da obra já estão concluídos, faltando somente o trecho da zona urbana desta cidade.
Ao todo foram 31.978 canos de polietileno que servirão à população no modo de engate rápido. Os investimentos são de R$ 22.107.479, sendo que, R$ 17,8 milhões foram para compra de equipamentos e R$ 4,2 milhões para a execução dos serviços.
Se tudo correr bem, os primeiros testes para bombear água do General Sampaio devem ocorrer no dia 8 de novembro. Luís Sousa disse que a tubulação vem pela superfície pelo fato de ser de montagem rápida. Se fosse toda por baixo do chão, levaria 18 meses para ser concluída. A montagem começou em julho deste ano. Por uma estrada carroçável é possível acompanhar as tubulações da adutora emergencial, que levará água de General Sampaio até Canindé.
Os tubos de aço são do tipo "Corten", de alta resistência, com uma proteção de borracha para não enferrujar, estão instalados na sua maior parte sobre o chão. Seis caixas com capacidade para 30 mil litros foram construídas ao longo do trecho, que começa na localidade de Saquinho, seguindo por Pedras Pretas I e II e Ramalhete, em General Sampaio; Água Boa, em Paramoti; Angelim, Batoque e São Domingos, em Caridade; que servirão de reservatórios para os moradores da linha de transmissão da água, até o destino final, a cidade de Canindé.
Falta ser concluído apenas o pequeno trecho da comunidade de Boa Vista, à altura da igreja de São Braz, até o triângulo da BR-020, na Fazenda Jubaia, de onde segue para estação de tratamento do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), no bairro do Monte, onde passará por todo processo de tratamento, de acordo com a portaria do Ministério da Saúde. Em seguida, será depositada na rede de distribuição hídrica.
As ferramentas que serão utilizadas para montagem dos três motores com capacidade para 200 cavalos cada, na plataforma com potencial de 200 toneladas, chegaram de São Paulo e já foram transportadas para a área das casas de bombas às margens do açude.
O administrador do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) em General Sampaio, Samuel Izídio, disse à reportagem que a barragem tem hoje 19 milhões de metros cúbicos, o que representa 6,5% da capacidade total, que é de 322,2 milhões de metros cúbicos.
O reservatório sangrou pela última vez em 2009, com uma lâmina de 87 centímetros. "Mesmo com essa reserva, a água existente no açude suporta até dezembro de 2015. Temos ainda na galeria 1 metros e 95 centímetros de profundidade. A distribuição para General Sampaio é 20 litros por segundo. Já a distribuição de Paramoti é 12 litros por segundo. Quanto à liberação para Caridade e Canindé, deverá ser 180 litros por segundo", explica Samuel. A taxa de evaporação do manancial é 1 centímetro a cada dia.
Colapso
Os três principais açudes de Canindé, Sousa, São Matheus e Escuridão, estão agonizando. O Escuridão, a 22 quilômetros da sede, tem 3,2% de seu volume. Dentro da cidade, o São Matheus acumula 1%. Já o Sousa, a cinco quilômetros, está com 0,06% da capacidade. Canindé deve perder reforço deste último manancial nos próximos dias.
A adutora do Sousa, barragem com capacidade para 30.840 milhões de metros cúbicos, tem extensão de 7,22Km, com canos de diâmetro de 350 milímetros, numa vazão de 60 litros por segundo. O bombeamento está sendo feito 8 horas por dia.
O Escuridão tem vazão de 400 metros cúbicos e diâmetro de 350 milímetros. A capacidade do reservatório é de 4 milhões de m³. Utiliza apenas 4 horas da transposição das águas.
O São Matheus tem capacidade para 10,34 milhões de metros cúbicos. Sua vazão antes era de 100 litros, caiu para 30 litros por segundo e sua adutora funciona apenas 8 horas ao dia.
Enquanto a adutora do General Sampaio não é inaugurada, a cidade está sendo abastecida também por poços profundos, num total de 22 injetados na rede de distribuição.
O prefeito Celso Crisóstomo disse que todos os esforços estão sendo feitos para evitar a falta de água na sede e na zona rural. "Tivemos uma boa experiência com a festa de São Francisco, onde não faltou água na cidade. Resta agora pedirmos a proteção divina para um bom inverno em 2015, para que assim resolvamos de vez o problema de abastecimento de água de Canindé. Com a chegada da adutora de General Sampaio, teremos quatro adutoras para atender à sede, fato inédito no Ceará", comemora o prefeito.
Esta não será a primeira vez que o açude General Sampaio, vai servir a Canindé. Em 1961 foi construída uma usina hidrelétrica no pé da barragem, equipada com um único gerador, com capacidade operacional de 500 cv. A unidade gerava fornecimento de energia elétrica para os municípios de General Sampaio e Canindé, com uma linha de transmissão de 40 quilômetros, à tensão de 13,8 kVa. Foi a primeira linha de transmissão à longa distância construída no Estado do Ceará e executada pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas. Posteriormente a usina foi desativada.
A barragem foi projetada por causa da grande seca que assolou o Ceará em 1932. Deu-se início, no Boqueirão Mãe Teresa, a construção da barragem do açude de General Sampaio, sobre o leito do Rio Curu, que nasce no município de Canindé. A barragem foi projetada e construída pela Inspetoria Federal de Obras Contra as Secas (Ifocs), hoje Dnocs.
Antônio Carlos Alves
Colaborador
Fonte: Diário do Nordeste

PLANTÃO POLICIAL: Mulher é executada a tiros no Bonsucesso em Fortaleza

Postado por Diassis Lira, em 31 de outubro de 2014
Decisão
TJ nega liberdade a assaltante de veículos
A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará negou pedido de liberdade para Felipe Morais Soares, acusado de roubar veículos em Fortaleza. De acordo com o processo, em setembro e outubro de 2013, o acusado junto com dois adolescentes teriam roubado dois automóveis em Fortaleza. Armado, o trio abordou os condutores e roubou os veículos, dinheiro e outros objetos pessoais.
Drogas
Grupo de ex-internos participa de oficina
A Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas e Habeas Corpus de Fortaleza e o projeto "Celebrando Restauração" realizaram oficina para infratores que se envolveram com drogas. O encontro ocorreu no Fórum Clóvis Beviláqua. A juíza titular da unidade, Maria das Graças Almeida de Quental, disse que a iniciativa resgata a dignidade dos assistidos.
Icó
Dupla apreendida com armas e drogas
Dois adolescentes, de 15 e 16 anos, foram apreendidos na tarde de ontem em Icó, a 375 km de Fortaleza. Após denúncias anônimas, policiais civis flagraram a dupla de posse de cocaína, maconha, um reólver calibre 38, munição de calibre 12, uma balaclava e outros itens. (Colaborou, Richard Lopes)
Interior
Bando armado pratica assaltos em Banabuiú
Sete homens armados de revólveres e escopetas praticaram assaltos na zona rural do município de Banabuiú, localizado a 214 quilômetros de Fortaleza. Os assaltantes, segundo testemunhas, estariam encapuzados. As vítimas, um comerciante, a esposa dele e um adolescente, foram abordadas no momento em que passavam pelo local. Além dos veículos, objetos pessoais também foram levados.
Acaraú
Polícia caça fugitivos de Cadeia Pública
A Polícia faz buscas aos quatro detentos que fugiram da Cadeia Pública de Acaraú. Os presos escaparam no fim da tarde da última quarta (29). Até a noite de ontem, nenhum dos foragidos havia sido recapturado. Outro interno conseguiu escapar da Cadeia de Milhã. Ele escalou o muro do prédio com a ajuda de uma corda feita com lençóis, conhecida como 'Teresa'.
Violência
Mulher é executada a tiros no Bonsucesso
Uma mulher, identificada como Daniele da Silva, 28, foi morta a tiros na noite de ontem, no bairro Bonsucesso. Segundo a Polícia, a vítima teria envolvimento com o tráfico de drogas. Um adulto e um adolescente foram detidos pela Polícia acusados do crime. Um revólver foi apreendido com a dupla.
Fonte: Diário do Nordeste
Imagem: Internet

OPERAÇÃO 'GODFATHER': Polícia investiga golpes imobiliários

Postado por Diassis Lira, em 31 de outubro de 2014

De acordo com as investigações, a organização teria movimentado R$ 150 milhões em cinco anos

Image-0-Artigo-1731718-1
Agentes da Polícia Federal cumpriram mandados de busca e apreensão no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza
FOTO: AGÊNCIA DIÁRIO
A Polícia Federal (PF) em parceria com a Receita Federal cumpriu, na manhã de ontem, dois mandados de busca e apreensão em duas empresas de incorporações imobiliárias na cidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).
A operação desencadeada ontem, batizada de 'Godfather', visa, segundo a Polícia, "apurar crimes de lavagem de dinheiro, sonegação fiscal, crimes tributários e formação de quadrilha atribuída a uma empresa do ramo imobiliário que patrocinava um time de futebol em Natal (RN) e outro na Itália".
De acordo com as investigações, a organização teria movimentado cerca de R$ 150 milhões nos últimos cinco anos, tendo parte deste montante supostamente transitado por empresas sediadas em paraísos fiscais e por contas de instituições e de pessoas físicas que negociam dólares, os chamados 'doleiros'.
A empresa investigada pelos agentes federais possui uma ramificação no Ceará, que funciona em Caucaia. Ao todo, foram cumpridos pela PF além dos dois mandados no Ceará, outros nove mandados de busca e apreensão no Rio Grande do Norte, sendo oito na capital, Natal, e um na Praia de Pipa. Foram mobilizados 50 policiais federais na operação, que contou ainda com a participação de 12 fiscais da Receita Federal.
A fiscalização da Receita Federal foi a responsável por identificar os indícios de irregularidade na empresa. As investigações tiveram início em agosto deste ano após informações do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF).
Segundo as denúncias da Receita, o grupo estaria captando recursos financeiros de particulares no exterior para aplicação no mercado imobiliário do Nordeste brasileiro, com promessa de ganhos na ordem de 12% a 20% ao ano, sendo que o investimento nunca era devolvido aos investidores. Ainda de acordo com as apurações feitas pela PF, somente no mercado de Cingapura foram lesados pelo grupo cerca de dois mil investidores, sendo que cada cota vendida naquele país equivalia a 46 mil dólares.
Ceará
Em Caucaia, de acordo com o superintendente da Receita Federal no Ceará, Moacyr Mondardo, houve apreensão de documentos nas empresas, além da retenção de passaportes de dois estrangeiros supostamente envolvidos com o esquema.
"O foco desta operação é no Rio Grande do Norte, porém, aqui também houve investigação. Os trabalhos ainda estão em andamento. A operação vislumbrou a coleta de provas com relação a essa situação e foram apreendidos documentos e retidos passaportes", afirmou.
O superintendente da Receita Federal afirmou que as empresas não apresentaram justificativa que possibilitasse ao fisco compreender o crescimento financeiro das investigadas pela operação federal.
"Essas empresas atuam como ramificação de uma outra sediada em Natal, no Rio Grande do Norte. O grupo teve um crescimento espantoso e as explicações prestadas ao fisco não foram conclusivas", explicou.
Padrinho
A operação 'Godfather' foi batizada assim pelos agentes graças ao apelido dado ao principal investigado, um empresário estrangeiro que não teve o nome revelado. Por ter apadrinhado uma agremiação futebolística potiguar, o homem ficou conhecido como 'o padrinho' pelos torcedores do time.
Os aficionados pela equipe decidiram depois chamar o homem pelo termo em sua língua nativa, o inglês, deixando-o com o mesmo chamamento do título do famoso livro de Mario Puzo, escrito em 1969.
O livro de Puzo inspirou a trilogia 'O Poderoso Chefão', um dos clássicos da história do cinema. A estória fala sobre uma família de mafiosos italianos que se muda para os Estados Unidos da América.
Levi de Freitas
Repórter
Fonte: Diário do Nordeste
f

30 de outubro de 2014

MATO GROSSO DO SUL: Quadrigêmeas indígenas estão juntas em quarto de maternidade no Estado

Postado por Diassis Lira, em 30 de outubro de 2014

Meninas devem ter alta médica quando atingirem peso de 2 kg cada uma. 
Mãe descobriu gravidez de quadrigêmeas durante parto normal em agosto.
Do G1 MS com informações da TV Morena

Quadrigêmeas indígenas estão juntas em quarto de maternidade em MS (Foto: Cláudia Gaigher/ TV Morena)Quadrigêmeas indígenas estão juntas em quarto de maternidade em MS (Foto: Cláudia Gaigher/ TV Morena)
As quadrigêmeas da indígena Denir Campos, que descobriu a gravidez de quatro bebês durante o parto normal em agosto, estão juntas no mesmo quarto da maternidade Cândido Mariano, em Campo Grande. Há uma semana, Elizabete, que estava no Hospital Regional, foi transferida para a maternidade, onde já estavam Eliza, Elizete e Elizângela.
As bebês estão no setor do Projeto Canguru, onde três delas ainda precisam ganhar peso para atingir 2 quilos. Elizabete está com 2,070 kg, Elizângela e Elizete pesam 1,7 kg e Eliza tem 1,4 kg. Segundo a equipe médica, elas estão saudáveis, não correm riscos e devem ter alta daqui duas semanas.
Quadrigêmeas indígenas estão juntas em quarto de maternidade em MS (Foto: Cláudia Gaigher/ TV Morena)Pais de quadrigêmeas ajudam a cuidar das bebês
(Foto: Cláudia Gaigher/ TV Morena)
Enquanto isso, Denir e o pai das meninas, Odair Cândido, moram na maternidade e passam o dia cuidando das filhas. "Estou muito feliz de estar perto das minhas filhas. Não tem coisas melhor do que isso", afirmou Odair.
Denir disse que contou os dias para chegar o momento de ficar mais perto das bebês. "Faz dia que eu queria ficar junto delas. Me sinto feliz, né?", relatou.
Univitelinas, as quadrigêmeas nasceram no dia 28 de agosto, de 31 semanas, em um intervalo de 10 minutos entre elas, com pesos entre 890 gramas e 1,170 quilo.
Logo depois do parto, as bebês foram levadas para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, onde permaneceram por cerca de um mês.
Depois foram transferidas para uma Unidade Intermediária (UI) e, em seguida, tiveram alta para ir para o quarto. Por conta da prematuridade, elas tiveram que passar por uma laserterapia nos olhos, para corrigir uma retinopatia e já enxergam normalmente.
Segundo a pediatra responsável pelas bebês, Camila Amaral Gonçalves, as meninas tem desenvolvimento neurológico normal. "Hoje elas têm um desenvolvimento neurológico normal, mas a gente precisa que isso seja acompanhado para garantir que no futuro sejam crianças que andem, caminhem, se desenvolvam e raciocinem", explicou.
Diariamente, as meninas fazem fisioterapia para estimular o desenvolvimento da musculatura. Elas também tomam cinco tipos de vitaminas em dosagens e horários diferentes.
Os medicamentos são fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas o leita não. Por dia, elas usam uma lata de leite de 800 gramas de uma fórmula especial.
Cada lata custa em média R$ 60. No setor do projeto, cada bebê tem a sua planilha com cor diferente, para evitar a confusão. Além de Denir o pai das meninas, Odair Cândido, também ajuda a cuidar das meninas.
Casa de madeira e lona, onde mora família (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)Casa de madeira e lona, onde mora família
(Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)
Oito filhas
O casal tem outras quatro filhas, de 4, 7, 10 e 12 anos, que moram em Anastácio. As meninas  estão na fazenda com uma tia. A família mora em um barraco de dois cômodos, às margens da BR-262.

A renda da família depende do serviço de Odair, que é diarista em uma fazenda, já que Denir é dona de casa e não trabalha. Denir é mãe também de dois rapazes, de 18 e 19 anos, e uma menina de 22 anos, que não moram mais com ela.
Ajuda e doações
Por conta da condição financeira e social, a família das quadrigêmeas precisa de doações para as recém-nascidas, porque prepararam enxoval para gestação de gêmeas, apontada pelo único exame de ultrassom feito durante a gestação.

Por isso, uma campanha para recebimento de doações foi criada pela maternidade Cândido Mariano. A unidade informa que podem ser doadas fraldas. Roupas para meninas também serão aceitas. As doações podem ser feitas diretamente no hospital, localizado na rua Marechal Rondon, 2.644, Centro de Campo Grande.
Doações também podem ser feitas através de depósitos em dinheiro na conta poupança aberta por Odair. O número da agência é 4555 e da conta poupança é 0001958-6, na Caixa Econômica Federal, variação 13.
Odair e Denir passam o dia com as filhas na maternidade Cândido Mariano (Foto: Cláudia Gaigher/ TV Morena)Odair e Denir ficam com as filhas na maternidade Cândido Mariano (Foto: Cláudia Gaigher/ TV Morena)

NACIONAL: Morrem outras duas vítimas de acidente com ônibus de estudantes no interior de São Paulo

Postado por Diassis Lira, em 30 de outubro de 2014

Leonardo Lucas dos Santos estava internado no HB em Bauru, SP.
Também foi confirmada a morte da fotógrafa Larissa Souza Bottacini.
Do G1 Bauru e Marília

O estudante Leonardo Lucas dos Santos e a fotógrafa Larissa Souza Bottacini também estavam no ônibus que se envolveu em acidente em Ibitinga (Foto: Reprodução/Facebook)O estudante Leonardo Lucas dos Santos e a fotógrafa Larissa Souza Bottacini também estavam no ônibus que se envolveu no acidente em Ibitinga (Foto: Reprodução/Facebook)
A Polícia Civil de Bauru (SP) confirmou na madrugada desta quinta-feira (29) mais duas mortes em decorrência do acidente entre uma carreta e um ônibus de estudantes em Ibitinga (SP). Com isso, sobe para 13 o número de mortos na tragédia.
As duas vítimas estavam internadas desde terça-feira (28) na UTI do Hospital de Base de Bauru.
Uma delas é o estudante Leonardo Lucas dos Santos, que tinha 17 anos. O jovem era dos 43 passageiros do ônibus que se envolveu no acidente na Rodovia Leônidas Pacheco Ferreira (SP-304), em Ibitinga, na noite de segunda-feira (27). O impacto foi tão forte que a lateral do ônibus foi arrancada e os passageiros foram lançados para fora.
O estudante havia sido transferido da Santa Casa de Ibitinga para Bauru por conta da gravidade dos ferimentos. Leonardo viajava com mãe, a professora Margareth Aparecida Lucas dos Santos, que morreu no local do acidente, e com a irmã Carolina, de 14 anos, que ficou ferida. Na terça-feira, ela falou sobre o acidente. “Eu estava dormindo. Quando vi, o ônibus já estava cortado ao meio e os estudantes do outro lado”, contou.
A outra morte confirmada é da fotógrafa Larissa Souza Bottacini, de 24 anos, que acompanhava a excursão para São Paulo. Ela também estava internada na Santa Casa de Ibitinga, mas precisou ser transferida para o Hospital de Base. Além de Leonardo e Larissa, outras 11 pessoas morreram no local do acidente.
Vítimas tragédia em Borborema  (Foto: Editoria de arte/ G1 )
Sepultamento
Dez vítimas foram enterradas nesta quarta-feira (29), em uma cerimônia coletiva que atraiu centenas de pessoas – a professora Roseneide Aparecida Casetta Montera foi enterrada na noite de terça (28), em Itápolis (SP), onde a família mora. Para dar conta de tantos sepultamentos, a prefeitura precisou acionar servidores de outras áreas. Pelo menos quatro funcionários foram chamados.

Como o número de jazigos também não era suficiente, quatro covas tiveram que ser abertas às pressas para acomodar as vítimas da maior tragédia da história da cidade.
O agente funerário Dirceu da Silva trabalha no ramo há 16 anos e conta que a média de sepultamentos na cidade é de, no máximo, 15 por mês. "É um choque muito grande organizar tantos funerais ao mesmo tempo, nunca vi nada parecido. Enterramos hoje quase o mesmo número de pessoas do mês todo. Fomos tirados da rotina por uma tragédia imensa", lamenta.
O servidor Persival Pires, que nunca trabalhou em um sepultamento, foi um dos funcionários chamados em caráter de urgência para ajudar a preparar as várias massas de concreto usadas no enterro, mesmo sem experiência. "A gente veio para ajudar porque isso não é nem de longe a rotina da cidade. É uma comoção imensa porque a gente conhece todo mundo", afirma.
Por conta da lotação repentina do cemitério municipal, a prefeitura já estuda a ampliação do local.
Tristeza e comoção
Um clima de profunda tristeza e consternação marcou o enterro das vítimas. Os corpos foram levados de dois em dois para o cemitério de Borborema, em um cortejo acompanhado por centenas de pessoas. O sepultamento das professoras Margarete Aparecida Lucas dos Santos, de 44 anos, e Márcia Martins de Carvalho Biassoto, de 39, abriu a cerimônia, sob oração e muitos aplausos.

Amigos prestam homenagens ás vítimas (Foto: Alan Schneider/G1)Amigos prestam homenagens às vítimas
(Foto: Alan Schneider/G1)
Antonio Félix, morador da cidade e parente de uma das vítimas, era o responsável por puxar o coro com canções que falam sobre amizade. "As músicas são para tentar diminuir a dor. É o mínimo que a gente pode fazer no meio de tanto sofrimento de ver tantas pessoas conhecidas que perderam suas vidas", diz o morador.
Assim como Félix, as famílias que acompanhavam o sepultamento dos parentes fizeram questão de seguir o cortejo para enterrar as outras vítimas.
"É inexplicável. Toda a técnica some numa hora dessas. O que a gente pode fazer é apoiar. Essa sem dúvida é a maior tragédia da cidade, nunca esperei ver algo parecido por aqui", diz o bombeiro Marcos Paula, que tentava consolar as vítimas.
Borborema tem cerca de 15 mil habitantes. Por conta do acidente, a prefeitura decretou luto oficial de três dias. "É uma cidade pequena onde conhecemos todo mundo. Nunca pensei que pudesse atuar como bombeiros para eles", afirma.
Várias pessoas passaram mal durante o velório e o sepultamento, e precisaram ser atendidas por equipes dos bombeiros.
O último a ser enterrado foi o estudante José Vinicius Anzolin, de 15 anos. Uma foto publicada por ele no seu perfil em uma rede social chamou a atenção dos amigos e familiares. A publicação foi feita no domingo (26), um dia antes dele morrer no trágico acidente. "Esta vida é uma viagem. Pena eu estar só de passagem", diz a frase.
'Meu anjo'
O ônibus com os estudantes e professores voltava de uma excursão em São Paulo quando se envolveu no acidente com uma carreta na altura do quilômetro 370 da Rodovia Leônidas Pacheco Ferreira (SP-304).
Maysa Rosa chora no velório do namorado em Borborema (Foto: Ana Carolina Levorato/G1)Maysa Rosa chora no velório do namorado em
Borborema (Foto: Ana Carolina Levorato/G1)
A estudante Maysa Rosa, de 18 anos, perdeu o namorado Thayro Matheus da Silva Polimeno, de 17.
Ela conta que o jovem estava feliz com o passeio. "Ele estava muito animado. Todas as fotos que eu vi eram de alegria, e é isso que eu vou levar dele. Ele era meu anjo, não quero tirar a minha aliança por nada", diz a jovem, às lágrimas, diante do caixão com o corpo do namorado.
Investigação
O boletim de ocorrência do acidente foi registrado na Polícia Civil de Ibitingae o delegado Carlos Alberto Ocon de Oliveira deverá conduzir o inquérito. De acordo com o investigador que acompanha o caso, todos os sobreviventes devem ser ouvidos nos próximos dias, assim como os policiais rodoviários que atenderam a ocorrência.

Ainda não há informações sobre qual motorista teria invadido a pista contrária, mas testemunhas já disseram à polícia que teria sido o condutor do caminhão. As causas ainda serão investigadas.
A perícia técnica já esteve no local do acidente e o laudo criminalístico está sendo elaborado pelo Instituto de Criminalística de Araraquara.
Segundo informações do órgão, o prazo é de 30 dias para a apresentação do laudo, mas pode ser prorrogado devido à complexidade do acidente.
Além do ônibus atingido pela carreta, onde estavam 43 passageiros e o motorista, outros dois veículos também levavam estudantes e professores e chegaram em Borborema por volta das 23 horas. O grupo que participou da excursão era formado por 110 pessoas.
O acidente
Segundo informações da polícia, o ônibus seguia na Rodovia Leônidas Pacheco Ferreira (SP-304) quando foi atingido por uma carreta que seguia no sentido contrário. O impacto foi tão forte que o ônibus teve a lateral arrancada. Os passageiros foram arremessados na rodovia e morreram na hora. Após a batida, a carreta, que transportava óleo vegetal, pegou fogo, que foi controlado duas horas depois pelas equipes do Corpo de Bombeiros.

Acidente em Ibitinga (Foto: Editoria de Arte/G1)
A empresa de ônibus envolvida no acidente, a Jabotur, informou que o motorista está muito abalado e não vai se pronunciar. A Jabotur disse também que enviou uma equipe técnica para abrir uma sindicância para apurar o acidente.
Excursão
Os estudantes e professores da Escola Estadual Dom Gastão Liberal Pinto saíram de Borborema na manhã de segunda-feira (27) para participar de uma excursão, onde conheceram pontos turísticos de São Paulo.

Segundo informações da prefeitura, três ônibus com cerca de 110 pessoas foram até a capital. Os outros dois ônibus da excursão chegaram ao destino por volta das 23h de segunda. Como o terceiro ônibus estava demorando para chegar, uma das professoras da escola voltou pela estrada e descobriu o que tinha acontecido.
Em nota, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo lamentou a tragédia. Confira a íntegra:
A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo lamenta profundamente o grave acidente registrado na noite desta segunda-feira (27), que vitimou estudantes e funcionários da Escola Estadual Dom Gastão Liberal Pinto, de Borborema, quando voltavam de uma excursão à Sala São Paulo, na capital do Estado. O veículo que transportava os passageiros pertence a uma empresa contratada pela Diretoria Regional de Ensino de Taquaritinga. Estão confirmadas as mortes de 11 pessoas (sete alunos, três professoras e uma mãe de aluno). Outros 24 feridos no acidente foram encaminhados às Santas Casas de Borborema e de Ibitinga, e representantes da Secretaria na região foram destacados para acompanhar os atendimentos. A Polícia Militar e o serviço de atendimento de emergência estiveram no local durante toda a noite realizando o resgate. O secretário da Educação do Estado, Herman Voorwald, já se deslocou da capital para a cidade.
A Prefeitura de Borborema decretou luto oficial de três dias. Mas a escola onde os alunos envolvidos estudam só retorna às aulas na próxima segunda-feira (3).
No local do acidente, o trânsito ainda é intenso na manhã desta terça-feira  (Foto: Alan Schneider/ G1)Tráfego foi feito no sistema Pare e Siga durante toda a manhã (Foto: Alan Schneider/ G1)

Caminhão pegou fogo (Foto: Divulgção / Portal Ternura FM)Caminhão pegou fogo (Foto: Divulgação / Portal Ternura FM)
Lateral do ônibus foi arrancada em colisão (Foto: Divulgção / Portal Ternura FM)Lateral do ônibus foi arrancada em colisão (Foto: Divulgção / Portal Ternura FM)Fonte: G1